Translate

quinta-feira, 23 de dezembro de 2010

A Ponte – Vida e Ascensão de Barack Obama




Em “A Ponte – Vida e Ascensão de Barack Obama” o autor David Remnick revela todo o caminho traçado pela atual Presidente dos EUA, Barack Obama até se tornar um dos homens mais importantes do mundo.
Barack Obama nasceu em Honolulu, Estado Americano do Havaí. Filho de pai queniano e mãe americana moraram no Quênia até a separação deles. Após o divorcio, Barack Obama passa a morar com a mãe na Indonésia, onde se casou novamente.
Vendo que não teria muito futuro na Indonésia, ele foi a morar com seus avôs no Havaí, onde estudou em escola publica, pois era de família pobre. Mostrando sempre ser um aluno acima da média, Obama impressiona seus professores pela sua grande capacidade de liderança, sempre organizando qualquer evento. Lá nascia o presidente de hoje.
Ao completar 18 anos, Barack Obama muda-se para Nova York, com objetivo de cursar Ciências Políticas na Universidade de Columbia, mas não estava satisfeito, queria mais. Sabendo que podia exigir mais de si, resolve cursar Direito na Universidade de Harvard, uma das universidades mais cobiçadas do mundo. Após finalizar sua formação acadêmica nas duas universidades, o atual presidente americano já sentia que era capaz de ingressar na carreira de política. Seu primeiro trabalho foi na cidade de Chicago, Illinois, como líder comunitário e professor de Direito Constitucional. Nesta ocasião conhece Michelle, com quem se casou e teve duas filhas Malia e Sasha. Ela hoje é a Primeira Dama dos EUA.
No ano de 1996, Barack Obama é eleito para o Senado do Estado de Illinois, onde permaneceu até 2004. Ao sair do senado estadual, ele concorre ao Senado dos EUA, pelo Partido Democrata e é eleito. No Senado Federal, Obama tinha a motivação do garoto dos tempos de colégio, sempre se destacando aos demais, buscando fazer o melhor para a população, sem nunca perder a humildade. Ganhou muito prestigio, prestigio este que lhe permitiu candidatar-se a Presidente da Republica pelo Democratas, mas para oficializar sua candidatura teve que ‘enfrentar’ Hillary Clinton. Após uma intensa disputa Barack Obama foi o escolhido para representar o Partido dos Democratas nas eleições de 2007.
A vitória que conseguiu sobre Hillary, oficializou sua candidatura a Presidente da Republica norte-americana. Logo no inicio da campanha presidencial, seus primeiros passos foi visitar alguns países, como Afeganistão, Iraque, Alemanha, entre outros, para conhecer a situação de cada pais, e se organizar para agir caso viesse assumir a Presidência.
Obama criou um lema de campanha, “Yes, we can” (Sim, nós podemos), lema este que ficou conhecido no mundo todo, como uma frase de incentivo a mudança. Na disputa pelo cargo de Presidente ele concorreu contra o candidato do Partido Republicano John McCain, que representava a continuação do governo de George W. Bush.
A disputa foi acirrada, o que surpreendeu a todos, pois a maioria da população considerava que vitória de John McCain já estava garantida, pelo fato de Barack Obama ser negro. Apesar da discriminação Obama não desistiu da candidatura, o que forneceu a população norte-americana mais um fato inesperado.
As pesquisas feitas por diversos jornais dos EUA retratavam em alguns Estados a vitória de Obama, enquanto outros decretavam vitória de McCain. Mas o que estava em jogo era saber se os EUA manteriam o mesmo estilo de governo adotado por Bush, com McCain, ou mudariam completamente o governo, elegendo o candidato Democrata. As eleições então fizeram com que o improvável acontecesse: Barack Obama consegue a maioria dos votos e se torna o primeiro Presidente negro na história dos EUA. Apesar de ser eleito em 2007, Obama só assume o governo em 2008. Na sua gestão, grandes mudanças já foram introduzidas, proporcionando grandes melhorias na qualidade de vida do povo norte americanas. Sua luta pela paz mundial, fez com que ganhasse o premio Nobel da Paz em 2009.
Um livro extraordinário,
Recomendo a todos.



Nenhum comentário:

Postar um comentário