Nelson Mandela – Um exemplo de vida e coragem





  O autor do livro “Conversas que Tive Comigo”, é um dos homens mais notado do mundo, quando o assunto é garra, determinação, obsessão, coragem, entre outras qualidades. Estou falando de um guerreiro que ficou 27 anos preso, porque queria acabar com a política do Apartheid na Africa do Sul exercida pelo governo do Partido Nacional. Ele é Nelson Mandela, um sul-africano nascido na cidade Transkei, em 1918.

O Partido Nacional durante muitos anos separou brancos e negros, dando privilégios a minoria branca, discriminando e destruindo os sonhos e desejos da maioria da população daquele pais, os negros.
Mandela neste livro exibe textos e cartas que escreveu quando estava preso, relatando tudo o que sentia no seu cativeiro. Nos relatos, Mandela mostra seus dias mais difíceis e mais apreensivos. Num dos textos Mandela relata que sofria muito, não por estar na cadeia e sim por não poder fazer nada, enquanto os negros agüentavam o desprezo dos brancos, nas escolas, nos comércios, em seus empregos, entre outras descriminações.
Mandela revela que nunca deixou de sonhar que um dia seria solto, já que tinha sido condenado à prisão perpétua, ou seja, morreria preso, na cadeia, localizada na ilha de Robben.
Nelson Mandela mostrou ao mundo o quanto vale ter caráter e nunca desistir de seus sonhos, não importar qual seja a dificuldade de atingi-lo. O seu sonho era libertar os negros da política do Apartheid, e nem ele sabia como, mas conseguiu. Quando foi libertado em 1990, candidatou-se a presidência da África do Sul, e sua vitória não foi muito difícil, já que a maioria da população sul-africana era negra. Quando eleito, tornou-se o primeiro presidente negro da África do Sul,  e após intensas negociações, contando ainda com o apoio da maioria dos povos e da imprensa mundial, decretou o fim do Apartheid.
Realmente um livro fantástico, que relata a vida de um dos maiores lideres da atualidade, o inesquecível Nelson Mandela.
Recomendo a todos.



Comentários

Postagens mais visitadas