Morte e vida de Charlie St. Cloud


O livro “Morte e vida de Charlie St. Cloud” de Ben Sherwood retrata a história da vida de Charlie, um rapaz que sempre foi muito apegado ao seu irmão Sam, até eles sofrerem um acidente durante uma viagem de carro. Charlie sobreviveu, mas seu irmão não resistiu ao impacto e faleceu. A partir deste dia Charlie vê sua vida mudar completamente.
Charlie mora numa vila de pescadores da Nova Inglaterra, onde cuida do gramado e dos monumentos históricos do cemitério onde seu irmão Sam foi sepultado. Neste cemitério Charlie percebe que adquiriu um dom fantástico: ele agora consegue conversar, brincar e abraçar o espírito de seu irmão Sam. Charlie vê isto como um presente de Deus
Mas o que Charlie nunca imaginava é que um dia encontraria Tess Carroll, uma mulher muito atraente independente, velejadora, que tinha o desejo de navegar sozínha o mundo afora. Durante um de seus treinos Tess se depara com uma forte tempestade que a leva por puro acaso até a vila onde Charlie mora, mas com ela veio uma nova vida para Charlie.
Tess depois de alguns dias na vila conhece Charlie, e num primeiro momento achou ele meio esquisito, não era a única que achava isso, pois toda a vila pensava isto de Charlie, que depois da morte de seu irmão e do dom concedido a ele, Charlie quase não saia do cemitério, passava horas e horas lá conversando com seu irmão e todos que passavam achavam estranho, porque para eles Charlie falava sozinho, já que só ele enxergava Sam.
Então Tess resolveu tentar se aproximar um pouco de Charlie para descobrir o que realmente acontecia com aquele rapaz que falava sozinho no cemitério. O que ela não imaginava é que esta simples aproximação trouxe uma forte paixão, tanto para Tess quanto para Charlie. Êle, ao ver que esta se apaixonando por Tess fica sem ação, pois quer estar com Tess todo o momento, mas não sabe como contar a ela sobre seu dom. Charlie tem medo que ao contar ela se distanciaria.
Charlie agora tinha o coração dividido em dois mundos: o de seu irmão e o de sua amada Tess. ‘Quem seria mais forte ou mais importante para ele, Sam ou Tess?, pois ele amava os dois, mas teria que tomar uma decisão.
Charlie depois de muito pensar chega a uma conclusão que o melhor era contar tudo a Tess, contar de seu irmão, contar de seu dom, o tempo que permanecia no cemitério. Para sua grande surpresa, Tess disse que o entendia e que já sabia da morte de seu irmão Sam, pois havia escutado conversas sobre isto na vila, mas não imaginava que ele conseguia ver o espírito de seu irmão.
No inicio do relacionamento entre eles foi difícil  para Tess conseguir lidar com Charlie indo todos os dias ao cemitério conversar com seu irmão, que ela nunca havia visto, a não ser pelas fotografias que Charlie deixava por sua casa. Mas Tess ajuda Charlie, dando-lhe apoio e muito amor, o que o fez conseguir separar os mundos de Sam e Tess e assim conseguir ser feliz em ambos os mundos.
Um livro extraordinário, com um romance belíssimo que deu origem a um filme maravilhoso que leva o mesmo nome.

Recomendo a todos.


Comentários

Postagens mais visitadas