Translate

sábado, 25 de dezembro de 2010

Os Sete Pilares da Sabedoria

Aproveitando o silêncio do Dia de Natal, aproveitei para dedicar a leitura e li livros excelentes, como História do Mundo Árabe, de Mario Curtis Giordani; Disney War, de James B. Stewart, que discorre sobre a Disneylândia, que escreverei a respeito em outra ocasião; Elizabeth & Mary, de Jane Dunn e finalmente Os Sete Pilares da sabedoria, de T.E.Lawrence.
Os Sete Pilares da Sabedoria foi escrito em 1919 e foi um sucesso na ocasião, originando posteriormente o filme “Lawrence da Arábia”, de 1962, filme este que ganhou 07 estatuetas do premio máximo do cinema, o OSCAR, sendo considerado até hoje como um dos 10 melhores de todos os tempos.
É como tenente do serviço secreto inglês que o autor Thomas Edward Lawrence tem contato inicial com o Oriente Médio.  Sua identificação com a causa árabe o transforma numa peça importante da manobra britânica para vencer o Império Turco Otomano, aliado da Alemanha durante a Primeira Guerra Mundial.
O Rei Faiçal, da Arábia Saudita, sabendo da grande simpatia e conhecimento da geografia local e do exército turco, transforma Lawrence num dos líderes da revolta sendo considerado conselheiro logístico do movimento, e general de um exército de dez mil homens.
Após assumir o exercito utilizou recursos de destruição, especializando em guerrilhas, onde, com o objetivo da conquista da Palestina, com seus soldados beduínos promove a destruição trens e ferrovias e inúmeras reservas turcas. Uma guerra que só termina com a conquista da cidade de Damasco em 1918.
Mesmo com a vitória na luta armada, Lawrence constata o fracasso de seus ideais, quando é nomeado conselheiro da delegação árabe na Conferência de Paz em Paris. Lá, nosso herói vê antigas promessas de reconhecimento da soberania da nação árabe ser desfeitas, com a divisão dos territórios árabe.
Após a divisão do território árabe, o Rei Faiçal é expulso pelos soldados por ter fracassado na guerra contra os turcos.  O autor deste livro fantástico morre em 1935, com 47 anos, vítima de um acidente de motocicleta, em Dorset, Inglaterra, mas deixou sua marca na historia da literatura inglesa e também de sua participação num dos episódios mais marcantes da cultura árabe.
O livro é uma obra prima. Emocionante do inicio ao fim. Imperdível, Vale a pena ler este romance/depoimento que foi o grande Best seller do passado, mas continua sendo um esplendor pela qualidade de sua historia ainda nos dias de hoje.
Caros amigos, quero aproveitar a ocasião para desejar a todos um Feliz Natal e que o 2011 seja repleto de vitórias e realizações.

Felicidades a todos,

Luis Netto

Nenhum comentário:

Postar um comentário