Livros Fantásticos

Meus amigos, hoje li 3 livros, são eles: “Olga” de Fernando Morais, “A Febre Starbucks” de Taylor Clark e “O Castelo de Vidro” da Jannette Walls.
Em “Olga”, o autor retrata a história de uma mulher batalhadora, Olga Benario Prestes, uma judia e esposa do Luis Carlos Prestes, que teria sido entregue aos nazistas, grupo dominado por Adolf Hitler, pela ditadura que exercia sobre o Brasil na época da Segunda Guerra Mundial, o governo de Getulio Vargas. Este livro consegue transmitir tudo o que o povo judeu sofreu naquele momento, pelo fato de Hitler considerá-los uma sociedade inferior, e Olga é a protagonista desta triste e comovente história.
“A Febre Starbucks” revela como uma simples dose dupla de cafeína pode fazer tanto sucesso entre os americanos. O segredo segundo o autor está no forte marketing, e no alto dinheiro investido para passar o que realmente agrade o consumidor, tendo uma boa aparência e principalmente um ótimo produto, mas o autor confessa que a Starbucks teve sorte, pois há muitas outras empresas no mesmo ‘nível’, então chegamos à conclusão que montar um grande comércio depende da qualidade do produto, da aparência e deve contar com a sorte.
Já a obra “O Castelo de Vidro”, o melhor do dia em minha opinião, este livro leva o leitor a pensar em outra maneira de viver a vida. Pois é livro que mostra as histórias de uma família sofrida, sem recursos financeiros, um povo humilde, mas que apesar de todos estes fatos sempre prezou pela felicidade e harmonia na sociedade, tentando transformar esta vida difícil em uma história divertida e unida, porque a união familiar pode ‘levantar’ uma sociedade em pouco tempo.
É um livro que devemos parar e refletir se todo aquele rancor que apresentamos a nossos familiares após um dia cansativo, ‘será que isto pode destruir minha família?’, ‘como fazer para manter a harmonia nesta casa?’ são duas perguntas que fazemos no decorrer de toda obra. A resposta é simples, sempre quando notar algum sofrimento na pessoa que você sinta afeto, abrace-a para que ela sinta que você está ali para protegê-la, quando perceber que a fase emocional ou financeira estiver dificil não desista e encare isto sempre com o sorriso no rosto, pois a felicidade abre portas para todos.
Este é o caso da família de Jannette, que mesmo passando toda sua adolescência vendo a falta de dinheiro dos pais, seguiu em frente enfrentando todos os problemas e hoje é uma escritora prestigiada em todo o planeta, realmente uma obra impressionante, e por todo este contexto ficou durante dois anos na lista dos mais vendidos do New York Times, um dos melhores jornais dos Estados Unidos da América.
Recomendo todos os livros, mas principalmente “O Castelo de Vidro”.

Comentários

  1. Luisinho, de verdade, como avô e como seu fã e incentivador, tenho que reconhecer que os seus textos melhoraram muito. O caminho é este. Brevemente, você vai notar a diferença no seu modo de escrever e se comunicar e os vicios de escrita e fala atual, serão gradativamente substituidos.

    Parabéns

    ResponderExcluir
  2. Luis, eu fiquei extremamente feliz quando recebi a notícia que finalmente você resolveu enfrentar um blog. Concordo com seu avô. A melhora do seu texto é espantosa e isso se deve ao seu hábito salutar de leitura.
    Eu creio que você pode ir além, criar suas histórias, viajar dentro de sua mente e trazer todo o manancial de conhecimento que você adquiriu ao longo deste maravilhoso ano de leituras. Não se prenda a estilos, experimente de tudo, romance histórico, juvenil, infantil. Deixe a sua imaginação comandar suas mãos. A estrutura linguística já está fixada em sua mente, o restante é não ter medo de errar e trabalhar duro.
    Parabéns e força.
    Beijos

    ResponderExcluir

Postar um comentário

Postagens mais visitadas