Translate

domingo, 20 de fevereiro de 2011

ORIENTE MÉDIO - "POBRE NAÇÃO"


Devido às rebeliões que estão ocorrendo no Oriente Médio, envolvendo diversas revoltas de manifestantes insatisfeitos com os governos do Egito, Líbia, Tunísia, Argélia, Jordânia, Iraque, Irã e Iêmen. Estas rebeliões estão causando um grande impacto no mundo todo, pois estão ocorrendo muitas mortes de pessoas que querem sair do regime de governo existente em cada Pais.
Estes acontecimentos me levaram a ler o livro “Pobre Nação”, do jornalista britânico Robert Fisk, que relata as guerras do Líbano no século XX. Robert Fisk, correspondente especializado em Oriente Médio, baseado em Beirute faz um apanhado de 26 anos de violência e terror no Líbano, mostrando os primeiros homens-bombas e os sucessivos ataques feitos aos americanos.
O livro “Pobre Nação” conta nas suas 919 paginas, a história detalhada das guerras ocorreram no Líbano no século XX, principalmente no relato da invasão israelense no começo da década de 80, quando o ocorreram terríveis conseqüências e massacres, em milhares de palestinos.
O livro conta ainda em estilo de reportagem de guerra e analise política a ferocidade da guerra civil libanesa, na qual as milícias não poupavam ninguém, nem americanos e nem israelenses.
No livro você ira encontrar centenas de histórias verídicas, relatos dos principais lideres da época como Arafat que através da OLP lutava pela libertação da palestina, fato este que não ocorreu até hoje, pois os atuais palestino estão alojados na Faixa de Gaza.
O palco dos acontecimentos deste livro foi na cidade de Beirute, capital do Líbano, considerada uma das cidades mais bonitas do mundo, mas infelizmente com as guerras foi destruída e reconstruída diversas no século XX.
Você, caro amigo, que gosta como eu de histórias do Oriente Médio não pode deixar de ler este livro de reportagem. Certamente vocês ficaram encantados com a clareza do texto de Robert Fisk, que também escreveu no mesmo estilo “A Grande Guerra pela Civilização”.
Vale a pena!       

Nenhum comentário:

Postar um comentário