quinta-feira, 4 de agosto de 2011

Muro de Berlim - 1989 - O Ano que Mudou o Mundo

O Muro de Berlim foi o maior símbolo da Guerra Fria. Esta obra de engenharia foi construída pela Alemanha Oriental e fechava completamente todo acesso ao lado oriental da cidade de Berlim, criando. com isso, na mesma cidade, um mundo capitalista e outro socialista, ou seja, a divisão dos capitalistas chefiados pelos EUA e o socialistas chefiados pelo URSS, as duas grandes potencias da época.

Em 1989, foi o ano em que tudo acabou, quando a queda do Muro de Berlim se concretizou com o fim da Guerra Fria, prevalecendo a vitoria para o sistema capitalista. No momento da queda do Muro,  o jornalista Michael Meyer estava lá, e de acordo com o que viu e com seus estudos publicou o livro “1989 – O Ano que Mudou o Mundo”, relatando a verdadeira historia da queda do Muro de Berlim.
Em um acordo de integração de áreas na Republica Federal da Alemanha, mais conhecida com Alemanha Oriental, entre os paises capitalistas, EUA, França e Grã-Bretanha no ano de 1949 e um acordo do setor soviético, Berlim Oriental, passou a ser integrado a República Democrática da Alemanha, Alemanha Ocidental, seguindo o sistema socialista, pró-soviético.
Até o ano de 1961, a população de Berlim podia passar livremente de um lado para o outro da cidade. Mas em agosto de 1961, com o inicio da Guerra Fria e com a grande migração de cidadãos do lado oriental para o ocidental, o governo da Alemanha Oriental resolveu construir um muro dividindo os dois setores. Sendo assim decretou também leis proibindo a passagem das pessoas para o setor ocidental da cidade.


O Muro começou a ser construído em 13 de agosto de 1961, sem ao menos respeitar as casas, os prédios e até mesmo as ruas, o objetivo era criar a divisão o mais rápido possível e assim não manter nenhuma relação com lado ‘inimigo’. Para os que tentavam de alguma forma ultrapassar o muro, eram presos ou muitas vezes mortos pelos policias da Alemanha Oriental. Muitas famílias foram separadas da noite para o dia. O muro chegou a ser reforçado por quatro vezes. Possuía cercas elétricas e valas para dificultar a passagem. Havia cerca de 300 torres de vigilância com soldados preparados para atirar.
Foram anos e anos vivendo longe dos familiares, caso eles estivessem do outro lado, foram anos que não só Berlim ou só a Alemanha, mas o mundo todo viveu nas dependências de uma decisão política, em uma guerra que dizem ser ideológica, fato que na verdade é falso, pois se vermos entre EUA e URSS realmente não ouve confronto de armas, mas se vermos os ‘bastidores’, a Guerra Fria foi sim muito violenta, principalmente no Oriente Médio, que foi onde ocorreu conflitos sangrentos, deixando marcas na história de cada pais.
Em 9 de novembro de 1989, com a crise do Sistema Socialista no Leste da Europa   e o fim deste sistema na Alemanha Oriental, ocorreu a queda do muro. Cidadãos da Alemanha foram para as ruas comemorar o momento histórico e ajudaram a derrubar o muro. O ato simbólico representou também o fim da Guerra Fria e o primeiro passo na reintegração da Alemanha , fazendo com que tudo voltasse a ser como antes. Ao fim da Guerra quem saiu vitorioso foi os EUA, tornando o mundo capitalista, com algumas exceções, Cuba, Coréia do Norte e parte da China que ainda adere o modo socialista de governar.

Vocês poderão verificar muitas informações a respeito acessando os seguintes sites: www.suapesquisa.com/paises/alemanha.htm    www.suapesquisa.com/geografia/europa.htm 

Um livro fantástico, onde o autor consegue de modo bem dinâmico relatar toda a verdade que há por trás do acontecimento histórico, o Muro de Berlim.

Recomendo a todos. 

Nenhum comentário:

Postar um comentário