Translate

terça-feira, 16 de agosto de 2011

“Jesus, O Maior Psicólogo que já Existiu”,

“Jesus, O Maior Psicólogo que já Existiu”, de Mark W. Baker é um escritor mundialmente conhecido pelos seus livros relacionados à religião e diretor-executivo da Clinica La Vile Counseling Center. Hoje, por exemplo, escreverei sobre o seu grande sucesso “Jesus, O Maior Psicólogo que já Existiu”, onde ele relata como os ensinamentos de Cristo pode nos ajudar a resolver os problemas do cotidiano e aumentar nossa saúde emocional.
Neste livro, entendemos como aplicar, superar e crescer através dos ensinamentos de Jesus em nossas vidas, através de princípios espirituais, tirados de passagens da Bíblia. O autor faz ligação das mensagens de Jesus com a ciência da psicologia.
Sabemos que a psicologia ajuda as pessoas a superarem traumas, se conhecerem melhor, saberem conviver com os outros, resolverem problemas, lidarem com os sentimentos, entre outras coisas.


Jesus, com seus ensinamentos e lições, com certeza é o maior psicólogo que já existiu, como diz o autor do livro. Jesus, com seu amor, anuncia a Palavra de Deus, mostrando a todo o mundo que ele é o Caminho, a Verdade e a Vida, e nos ajuda a cuidar do nosso coração e curar nossas feridas, através do Perdão e do Amor.
E sobre um olhar atento, o autor demonstra o por que todos nós confiamos no amor de Cristo e vemos Nele o Abrigo, a Compaixão. Para que estas mensagens fixassem cada vez mais em nossas mentes ele passa no livro algumas passagens da Bíblia, como a frase de Marcos 4:33 “Com muitas parábolas como esta, Jesus anunciava-lhes a palavra segundo podiam entender.”. A principio muitos dizem ser uma frase qualquer, mas a medida que lemos o Principio Espiritual, como citado no livro vemos que é uma frase que retrata como nos transformamos, conforme crescemos, mas Jesus continua sempre fazendo com que nós O entendamos.
FREUD
Alguns psicólogos encaram religião como um culto que limita o potencial humano. Freud considerava a religião uma muleta que as pessoas usam para lidar com seus sentimentos de desamparo. Esta postura deu início a uma guerra entre a psicologia e a religião que perdura até hoje.
Mark desvenda que a animosidade existente em ambos os lados tem origem no sentimento do Medo, que dificulta o entendimento.
O preconceito é tão grande entre os psicanalistas que eles acreditam não existir um terapeuta que seja ao mesmo tempo inteligente e cristão.
A primeira parte do livro mostra como é possível entender as pessoas; a segunda incentiva o leitor a conhecer a si mesmo.
Um livro extraordinário, em que Mark W. Baker esbanja todo seu conhecimento religioso de forma brilhante, mantendo o foco do leitor em todas as páginas sobre as Palavras de Deus, que foi passada pelo seu filho Jesus.
Recomendo a Todos.

Nenhum comentário:

Postar um comentário