A VINGANÇA DA BALEIA





Quem nunca ouviu falar de Moby Dick? Moby Dick, segundo o autor do livro que leva seu nome, Herman Melville, foi uma baleia branca, que atacou e destruiu inúmeros navios na época da pesca baleeira. Li este livro uma ocasião e publiquei uma resenha sobre ele e foi um dos campeões de visita ao blog, chegando a marca de 9500 acessos. O tempo passou e estes dias, quando resolvi colocar os livros a venda, quando os organizava nas estantes, me deparei com um livrinho, que tinha uma nome sugestivo "A Vingança da Baleia" de Nathaniel Philbrick, editado pela Companhia das Letras e tem 190 paginas. O livro me chamou a atenção principalmente por contar um fato real que deu origem ao livro Moby Dick.
No  inicio dos anos de 1800, o óleo utilizado para movimentar a industria, o comercio e as residencias era o de baleia, Os Estados Unidos tinha a maior frota baleeira e o porto utilizado ficava na cidade de Nantuchek, no Oceano Atlântico. Os nativos daquela ilha eram considerados os melhores caçadores de baleia e eles sempre tinham a preferencia do capitão de qualquer navio quando ia ser montada uma tripulação, que era composta de no minimo 21 marujos, incluso o capitão e os imediatos. As viagens duravam em media 02 a 03 anos e a tripulação recebia  o ganho de seu trabalho quando retornavam das viagens e o valor era dividido proporcionalmente entre os tripulantes,

O livro "A Vingança da Baleia" conta a história real do navio baleieiro Essex, que era capitaneado por George Pollard, Jr. Era sua primeira viagem como capitão de um navio e ele saiu de viagem com previsão de voltar em 02 anos com mais de 1500 barris de oleo de baleia, O navio desceu o Oceano Atlantico até as Ilhas Falkland, no sul da Argentina e subiram o Oceano Pacifico, do outro lado da América e seguiu costeando a Costa do Chile em direção ao Peru, onde havia grande quantidade de baleias cachalotes, que em média pesam 60 toneladas e medem mais de 25 metros.
Eles não estavam levando sorte na caçada e haviam caçado ate aquela ocasião 01 baleia, quando  já meio do Oceano Pacifico, acima da linha do Equador avistam um cardume de baleias e partem para a caçada em 03 botes pequenos, tripulados cada um por 06 homens, sendo deixado a bordo do navio Essex 03 marinheiros. Eles conseguiram arpoar 02 baleias e estavam sendo levados pelos animais feridos para longe do navio e ai acontece o imponderavel; uma baleia, que apesar do seu tamanho é um animal manso, ataca o navio Essex por duas vezes, colocando-o em condição de naufrágio. 

Os marinheiros quando viram que o navio estava afundando, voltaram rapidamente para salvar o que podia ser salvo, principalmente água e comida. O Navio Essex afunda depois de dois dias e a tripulação de 20 homens segue perdida em pleno Oceano Pacifico, onde permanecem até serem socorridos após 90 dias. Neste tempo, houve racionamento de comida, falta dágua, canibalismo e no final foram salvos apenas 05 tripulantes. O autor descreve esta odisséia com muito detalhes e é um relato triste, envolvente e fascinamente ao mesmo tempo, transformando este pequeno livro numa leitura imperdivel,
Recomendo,

Luis Antonio Gonçalves - avô

Comentários

  1. Olá galera. Vocês que gostam de ler, apresento meu blog que ainda é novinho, tem poucas semanas de lançado e está em fase de teste. Mas nele você já pode encontrar ficções escritas por mim, monólogos, poemas, poesias, críticas. Acesse storiesbyf.blogspot.com.br e dê sua opinião. Espero você.

    ResponderExcluir
  2. Olá Sr. Luis Antonio

    Será que poderia dar algumas dicas para nós como é feito a foto leitura?
    Têm algum livro para sugerir.

    Agradeço a atenção desde já.

    abraço

    ResponderExcluir

Postar um comentário

Postagens mais visitadas