QUEDA DE GIGANTES


Meus Amigos, nestes últimos dias li vários livros, de diversos autores, mas  hoje vou comentar “Queda de Gigantes” do Ken Follet. Esta é uma obra que faz parte da  trilogia “O Século”. Já neste primeiro livro já consegui ficar fascinado pela trama que Ken Follet elaborou, utilizando personagens fictícios e fatos históricos do século XX.
O contexto deste livro é dividido em cinco famílias, cinco países, com cinco maneiras de pensar e agir, cada uma com sua dificuldade, cada uma com seu interesse e seu objetivo de vida.
O que me deixou surpreendido foi à maneira que o autor desenvolve a obra com uma família inglesa, uma galesa, uma alemã, uma russa e uma americana. Fazendo com que cada uma tivesse a sua própria história relacionada aos fatos ocorridos neste século , por exemplo, o Muro de Berlim, que separou os  capitalistas - Alemanha Ocidental e socialistas - Alemanha Oriental,  durante a Guerra Fria. A família alemã que lá habitava sofria muito, porque após a criação do muro, Walter foi forçado a abandonar sua amada Lady Maud.
A Primeira Guerra Mundial,  que envolve a família americana e novamente a alemã, que perdem familiares, amigos e conhecidos. 
A Revolução dos Bolcheviques, que afeta a familia russa, pois separa os irmãos russos, pois um resolve seguir o sonho de morar nos EUA, enquanto o outro se junta a revolução.
Na Grã-Bretanha, onde vive uma família de mineradores, que são obrigadas a deixar a mina de carvão, pois ela pertencia a rica família inglesa.
É meus amigos, muitas coisas se passaram neste século, houve muito sangue, mas também houve muita harmonia entre os povos, na procura de um avanço da sociedade mundial. Todos estes acontecimentos interferiram na vida das familias citadas no romance, mas também modificaram a vida de milhares de familias em todo o mundo. E isto ocorre ainda hoje a todo momento.
“Queda de Gigantes” é otimo e por isso recomendo este livro a todos.

Comentários

  1. Luis, você acaba de me entusiasmar a leitura deste livro; Ele está aqui na minha estante esperando, pois na primeira tentativa não consegui gostar da forma narrativa do autor. Mas a sua resenha acabou sendo um bom motivo para tentar uma nova leitura. Parabéns pelo trabalho que vem realizando no blog.

    ResponderExcluir
  2. Gostei da iniciativa. O texto ficou claro. Parabéns
    Luis Antonio - avô

    ResponderExcluir

Postar um comentário

Postagens mais visitadas