A Bola de Neve - Warren Buffett e o Negócio da Vida


Hoje no noticiário da Internet, especificamente no site da UOL, saiu publicado a noticia abaixo

Terceiro Homem mais Rico do Mundo tem Câncer de Prostata

"O bilionário Warren Buffett, dono da Berkshire Hathaway, revelou nesta terça-feira (17) que tem câncer de próstata em estágio 1, mas disse que sua condição "não representa uma ameaça à vida nem implica que ficará debilitado de maneira significativa".
Buffett disse que começará um tratamento de dois meses de radiação diária, com início em meados de julho. Durante esse período, ele terá pouca condição de fazer viagens, segundo afirmou em comunicado.
A Berkshire está a menos de três semanas de seu encontro anual em que mais de 40 mil acionistas vão à sua sede em Omaha, no Nebraska, Estados Unidos. Buffett costuma ocupar uma posição central no evento.
Já havia expectativa de que o encontro deste ano tratasse do tema sucessão, depois de que Buffett, de 81 anos, disse em carta aos acionistas que o Conselho da Berkshire tinha identificado um sucessor. O nome do executivo não foi revelado"

Vocês podem perguntar, mas o que tem a ver esta noticia com a linha do blog "Prazer da Leitura"? Tem tudo a ver. No final do ano passado, li a historia deste grande empresário, no livro " A Bola de Neve", que recomendo a todos. Recentemente, passou uma grande reportagem com este homem e foi revelada diversas facetas de sua personalidade, entre elas a simplicidade.

Imagine uma situação como esta: ser um dos homens mais ricos do mundo e morar na mesma casa à mais de 50 anos, não se importar com carro - para ele, carro é somente uma condução e nunca um icone de poder. Não tem iate, não gasta de restaurantes sofisticados e é apaixonado por hamburguer e Coca Cola - tornou-se seu principal acionista e embora tenha uma frota de aviões comerciais, comprou para uso particular um avião usado, que tinha o objetivo de faze-lo ganhar tempo.

Sua simplicidade, segundo o livro também era extensiva a maneira de se vestir. Não usava roupas de griffe e embora seus amigos sempre insistissem, ele sempre estava vestido de maneira simples e confortavel, de seu ponto de vista. A narrativa do livro é até engraçada, pois a autora narra a completa aversão de Warren Buffett à modernidade da tecnologia.

Mais importante e mais significativo do que isso tudo, foi  Warren Buffett demonstrar ao mundo que a verdadeira riqueza de uma pessoa não reside na quantidade e variedade de bens materiais ou no tamanho da conta bancária que ela possui em decorrência de uma vida de trabalho, mas sim no exemplo de vida que ela edifica em decorrência de uma vida dedicada ao trabalho.

Vale a pena ler este livro.

Recomendo.

Comentários

Postagens mais visitadas