Translate

segunda-feira, 19 de dezembro de 2011

O Apanhador no Campo de Centeio


O autor e sua obra - grande sucesso editorial
Este romance escrito por J. D. Salinger conta a história de Holden Caulfield, um adolescente comum, divertido, covarde e deprimido, que não tem nada de especial. O escritor narra em um ritmo dinâmico, direto, saltando de um assunto para o outro como se fossem os pensamentos de Holden.  Ele tem uma irmã mais nova, Phoebe, a quem venera; um irmão mais velho, D. B., que é um roteirista em Hollywood, com que não se dá muito bem  e um irmão mais novo, Allie, que morreu de leucemia; seus pais com quem não consegue se entender bem e vários amigos. Entretanto, está constantemente se sentindo só, deprimido e carente de alguém que o entenda.
Nova York - uma das maiores cidades do mundo
O livro conta um fim de semana na vida de Holden, um jovem de dezessete anos, vindo de uma família abastada de Nova Iorque.  Holden, estudante de um reputado internato para rapazes, o Colégio Pencey, volta para casa mais cedo no inverno, depois de ter recebido más notas em quase todas as matérias e ter sido expulso da escola.
Resolve passar um fim de semana vagando por  Nova York, na tentativa de adiar o encontro com os seus pais e a inevitável discussão sobre sua expulsão. Holden vive uma série de experiências e encontros que o deixam cada vez mais frustrado, pois acha que todos são falsos.
Antes de enfrentar os pais, procura algumas pessoas importantes para si, como um professor, uma antiga namorada, sua irmãzinha, e, junto a eles, tenta explicar e inclusive entender a confusão que passa pela sua cabeça. Holden também queria proteger a irmã e a inocência que ela representa de um mundo tão assustador e evitar que se torne uma adulta falsa.
Enquanto Holden esperava a coragem para conversar com seus pais, se transcorrem 03 dias e ele passa este tempo na cidade num constante estado de  grande bebedeira e solidão. Em certo ponto ele acaba em um museu, no qual ele assemelha sua vida com a dos esquimós nas vitrines. De até onde ele se recorda, as estátuas nunca mudaram. Tais preocupações podem ter se originado em grande parte devido à morte de seu irmão, Allie.
Centeio
Holden acredita que ser um “apanhador no campo de centeio” significa salvar as crianças contra a perda de sua inocência. Ele conta esta fantasia para sua irmã mais nova, Phoebe, que é a única pessoa com a qual Holden consegue se comunicar. Phoebe vê seu irmão como um herói, e ela é ingenuamente desconhecedora de que a visão de Holden dela é praticamente a mesma.
Nesta fantasia de Holden ele se imagina como o único guardião de inúmeras crianças correndo e brincando em um pequeno campo de centeio na beira de um precipício. Este precipício simboliza a transição da criança, inocência, para a vida adulta, falsidade. Seu trabalho é pegar as crianças se elas vagarem perto da beira, ele é o “apanhador no campo de centeio”. Por causa dessa má interpretação,
O maior hospital psiquiatrico de Nova York
Somente no final do livro que vamos descobrir que Holden está internado em hospital para doentes mentais. Se você for um adolescente, ou estiver em busca da sua identidade com certeza vai se identificar com muitas características deste jovem, pois acredito que muitas de suas dúvidas e inseguranças são descritas com muita sensibilidade pelo escritor.
Livro extraordinário.
Recomendo a todos.

Um comentário:

  1. O homem que matou John Lennon está carregando um exemplar este livro no dia do crime.
    Nunca entendi o por quê.
    Abraços
    PS: adorei seu blog. Parabéns. Por causa do seu blog retomei uma antiga paixão: A leitura. Obrigada.

    ResponderExcluir