A Metamorfose


Imaginem escrever um livro! Tarefa difícil, não? Agora, imaginem escrever um livro e torná-lo um dos mais lidos do mundo. Este feito foi conquistado por Franz Kafka,  nascido em Praga, no dia 3 de julho de 1883 foi um dos maiores escritores de ficção da língua alemã do século XX. Kafka nasceu numa família de classe média judia. O corpo de obras e suas escritas, a maioria incompletas e publicadas postumamente, destaca-se entre as mais influentes da literatura ocidental. Os seus livros mais conhecidos são “O Processo” e “A Metamorfose”, que comentarei no blog hoje.
Esta obra esta que pode ser resumida em duas partes: Na Parte A o autor conta a história de Gregor Samsa, um caixeiro viajante,  e sua transformação em uma barata e na Parte B relata o que  quis passar ao mundo com a tal obra.

Parte A: O jovem vendedor Gregor Samsa, desprezado pelos seus pais e pela sua irmã, que o tinha apenas passar pagar suas contas e nada mais, um dia acorda transformado em um inseto gigantesco. Mal pode se mover e muito menos ir para o trabalho, como pretendia. O seu chefe vai até sua casa e,  do lado de fora da porta  queixa-se do atraso e do baixo rendimento dele ultimamente. Gregor responde com uma voz que ele mal pode ouvir, dizendo que se sentirá melhor logo que saia e comece a trabalhar. Ao abrir a porta, o chefe fica horrorizado.
A família o deixa isolado no quarto e só sua irmã se preocupa em levar vários  tipos de comida, tentando adivinhar ele vai gostar mais.  Sua mãe tem medo e nem mais quer vê-lo. Uma vez deixou o quarto acidentalmente e o pai o obrigou a voltar, lançando-lhe maçãs que ficam incrustadas no corpo dele. Outra vez sai, atraído pelo violino que a irmã toca para alguns hóspedes e estes se assustam e deixam a casa, enojados.
Sua metamorfose de homem para inseto também provocou uma metamorfose da família, que até então vivia as suas custas. Tiveram que procurar uma forma de sobreviver. Seu pai consegue um emprego como continuo e sua irmã como balconista. Gregor Samsa sobrevive em seu quarto, cada vez mais afastado da natureza humana, embora ainda preocupado com o destino de sua família.
Sua família,  que vinha dando mostras de despreocupação com o seu caso, passa a desprezá-lo e abandoná-lo. A própria irmã, que tanto o havia entendido, diz que eles já toleraram bastante e que já fizeram por ele tudo o era possível e que o erro deles foi acreditar que aquela coisa continua o ser o Gregor. Este cada vez come menos, por inapetência, morre e é jogado no lixo. A família se sente livre e começa a fazer planos para casar a menina.
Franz Kafka
Parte B:  Esta parte. O autor foca a vida de  Gregor quando realmente sentiu ao parecer um inseto, uma barata,  com sua genialidade, consegue mostrar como é o sofrimento de um homem ao perceber que ele não passa de um pagador de contas para a família, ou seja, que não há carinho algum para com ele,  mesmo se esforçando para fazer tudo para a familia. É este  sentimento de desprezo que o faz se sentir um inseto nojento e peçonhento, que se repete em milhares de lares.

Infelizmente, uma roda viva!

Um livro espetacular.

Recomendo a todos.

Quer saber mais? Acesse

http://www.dihitt.com.br/n/livros/2009/03/24/livro-a-metamorfose--gratis-para-baixar

Comentários

Postagens mais visitadas